30 dezembro 2011

Aviso!

Meninas, estou indo viajar agora, e infelizmente não vou poder postar hoje, nem amanhã, só voltarei Terça-feira, me desculpem, quando voltar eu vou compensar vocês, com um capitulo BIG

Desejo a vocês um maravilhoso ano novo.
E que 2012 seja melhor que 2011. E que possamos chegar a este novo ano com muita paz, amor e saúde. Que 2012 ilumine as nossas vidas. E que acima de tudo sejamos felizes. Que seja mais uma chance para um recomeço, mas que tu, recomece sempre que preciso. Um beijo na bochecha de cada um e um abraço confortante no coração de vocês. Que você, não fique na virada do ano chorando por tristezas, arrependimento. Que você sorria e que brinde por mim, por você, pelo Justin, mas principalmente pela vida, por pelo menos ter a chance de ser feliz. Por que, você tem o privilegio de ainda viver, enquanto tantos mal pode viver 2011.




28 dezembro 2011

My Heart Is Your - Cap. 6

Stella On'


Terminei de comer, fui andar por ai, estava olhando para os pés, pensando.

XxXx: Oi gatinha !.- levantei a cabeça para ver quem era. Simplesmente Justin
Stella: Oi Justin.- disse tirando meu óculos
Justin: S-Stella, ér....você está....
Stella: Ai tchau Justin.- disse saindo, mas Justin me puxou e agarrou minha cintura.
Justin: Gostosa.- disse sussurrando em me ouvido
Stella: Ah, seu idiota.- disse me soltando e dando um tapa em seu ombro.

Comecei a andar, quando sinto um tapa em minha bunda, olho para trás Justin estava me olhando com cara de malícia,  eu não acredito que ele fez isso, mas vai ter o que merece, estamos na beira de uma piscina, alguém pode cair lá dentro de roupa e tudo.

Stella: Eu não acredito que você fez isso.- ele não disse nada só fez uma cara de provocação.

Ele sabe que eu não gosto quando ele faz essa cara, foi o que me fez ficar com mais ódio ainda. Fui andando até ele de um jeito sexy, cheguei bem perto, passei a mão em seu abdómen, e entrelacei meus braços em sua nuca, e ele colocou as mãos em minha cintura, dei-lhe um beijo no canto da boca, o que fez ele fechar os olhos, ótimo tirei rapidamente meus braços de sua nuca e o empurrei para que caísse na piscina, só tinha esquecido um pequeno detalhe, Justin estava com as mãos em minha cintura, caímos os dois na piscina.

Justin: Eu não acredito que você fez isso.- ele disse tirando a agua de seu rosto.

Assim que ele abriu os olhos joguei agua nele de  novo, ele jogou agua em mim, e assim foi fizemos uma guerra de agua. Depois de um tempo disse que ia sair, pois estava de roupa. Subindo as escadinhas da piscina e Justin logo atrás, acho que deveria ter subido por ultimo, assim que pensei isso, sinto outro tapa na minha bunda. Terminei de subir

Stella: Justin para de fazer isso.- disse e empurrei ele, o fazendo cair na piscina de novo, ainda bem que eu não fui.

Sentei em uma cadeira ali, e peguei uma toalha que estava nela, comecei a secar meu cabelo. Justin estava saindo  da piscina, der-repente um garoto muito lindo parou na minha frente.

XxXx: Oi linda, quer dar uma volta comigo?.- já estava preparada para responder mas Justin fez isso por mim.
Justin: Não, pois o namorado dela não deixa.- ele disse me abraçando por trás.

26 dezembro 2011

Continua ou não?

Lindaas, queria saber se vocês gostaram do Imagine Especial..... E se queriam que continua com uma segunda temporada e tal, para saber se Você e Justin ficaram juntos. 


Mas tem um porém, vou postar depois do ano novo, e Você terá um nome, para ter mais sentido. E então o que acham? Por favor me falem, ficarei muito triste se ninguém comentar, vai ser tipo estar postando para parede. Me falem.








Beijos!

Christmas Love - Especial de Natal 3

-Você narrando

Justin é um menino fofo e carinhoso, e descobri isso em apenas um dia de convivência e confesso que estou caidinha por ele, mas tenho uma certa insegurança, não é que eu não queria beija-lo, eu queria mais e depois ? O que iria acontecer? Abaixei minha cabeça e disse.

Você: Me desculpe, é que...- ele me interrompeu.
Justin: Tudo bem, não precisa explicar. Eu é que fui rápido de mais.- ele disse me soltando.

O ônibus parou e descemos, não tínhamos a mínima ideia de onde estávamos, mas tudo bem. Era uma calçada com folhas, linda.(aqui). Então fomos caminhando lentamente e conversando.

Justin: Como é lá no Brasil?
Você: É bem legal, e tem algumas coisas que são bem lindas, tipo as praias...
Justin: As garotas.
Você: Você nunca foi pra lá, como sabe que elas são bonitas?
Justin: Tenho uma prova aqui do meu lado.
Você : Isso foi uma cantada?.- ri
Justin: Se você quiser que seja.- riu.
Você: Besta.- disse e dei um soquinho em seu braço e ele riu.
Justin: Você usa anel?
Você: Uso, porque?
Justin: Nada, deixa eu ver?
Você: Aham.- disse erguendo a mão, ele pegou e não soltou mais, então eu ri abafado.
Justin: O que foi?
Você: Bom pretexto, para pegar na minha mão.- disse e ele deu aquele sorriso lindo.

Entrelacei nossos dedos, e Justin me olhou com uma cara de surpreso, então sorri para ele.

Você: Então me conte sobre você Justin.
Justin: Não tem muito o que falar. Mas me fale sobre você.
Você: Ah, não tem muito o que falar.- disse o mesmo que ele, então rimos.


Sabe, enquanto ficamos fazendo bobices, entramos em uma rua, estreita onde havia varias lojinhas(aqui), caminhamos, e paramos em uma padaria, Justin pediu alguns croissant (se tiver alguém ai que, não sabe o que é, são pães muito deliciosos recheados com queijo, creme etc, aqui) e dois cafés, nos sentamos em uma mesinha bem na janela, me sentei ao lado de Justin e começamos a comer.

Justin: posso contar uma piada?
Você: Claro.- disse tomando um gole do café.
Justin: Tinha um pintinho que não tinha cu, foi senta e morreu. (eeee momento mais tosco do dia).- ele disse e eu engasguei, e comecei a rir muito, além de ser uma piada tosca, ainda conta errada.
Você: Você... contou... errada.- disse recuperando o fôlego.
Justin:  Eu sei, é que eu queria ouvir sua risada de novo, sabe ela é tão gostosa quanto a dona.
Você: Idiota.- disse e empurrei ele com o ombro e ele riu.

Estava toda distraída, quando olhei para fora, não sei direito qual foi a minha reação,  do outro lado da rua e vi uma loja com roupas, sapatos e bolsas em liquidação, como que eu sei? Bom eu sei falar francês, enfim, fiquei toda empolgada, porque as marcas era simplesmente, Chanel, Zara, Hermes, D&G, Dior, etc....Fiquei realmente chocada, achei que só vendiam nas próprias lojas, mais tudo bem, não contive minha empolgação.

Você: Justin, fica ai tomando café que eu já venho.- disse me levantando.
Justin: Aonde você vai?.- ele disse se levantando e segurando meu braço
Você: Comprar algumas coisas, já venho.- disse toda empolgada e sem querer dei um rápido selinho nele.

Sabe até eu fiquei meia assustada com a minha reação, logo vi Justin abrir um sorriso, fiquei meia sem graça, mas sorri de volta, me virei e fui até a loja. Não iria demorar muito, pois sabia que Justin estará esperando.


[...]


Pronto, não comprei muita coisa, só meu vestido, quer dizer vários vestidos, fui andando até a padaria, que não era nada longe, Justin estava sentado em uma mesa lá fora com uma garota, morena, de cabelos cacheados e olhos verdes, muito bonita, o que não era nada agradável. Ok, confesso que fiquei com um pouco de ciumes, talvez esteja começando a gostar dele. Me aproximei.

Justin: Ah, 'SeuNome', essa é Genevieve, Genevieve essa é a 'SeuNome'.



[...]

5 dias depois...



23.12.11 09:30am.

Estou atrasada para sair com  Genevieve, ah é ficamos super amigas, não bff mas isso é com o tempo, ela é super legal, estamos indo comprar os presentes de natal, nestes dias que se passaram Justin virou muito importante para mim, e sinceramente estou apaixonada por ele, mas ninguém sabe, logo vamos embora e não vamos nos ver mais, e garanto que se tiver algo entre nós, vou sofrer depois. Enfim, terminei de arrumar.



Desci, e dou de cara com ela sentada em um banco, ainda bem que ela é paciente. Ela me viu se aproximando e levantou, me deu 'bom dia', e fomos tomar café...
Depois saímos, ainda bem que ela era daqui, e conhecia bem, porque se não, iria ser duas perdidas. Ela me levou em um shopping,  disse que teríamos que nos separar, para comprar os presente, estava em duvida de o que comprar para o Justin. Falar em Justin, estou morrendo de saudades, faz umas 13 horas que não o vejo, ai como eu sou dramática, praticamente já conheci os pontos turísticos inteiro com ele, menos a torre Eiffel, quero deixa-lá para o natal. Enfim, terminei de comprar os presente, bom só são três mais tudo bem, demorei um século, mas também é claro que comprei outras coisa. 12:05pm. Me encontrei com Genevieve no ponto combinado, praça de alimentação, fizemos os pedidos no Mc, nos sentamos em uma mesa para comer.

Genevi: Então amiga, o que rola entre você e o Justin?
Você: O que? Tá doida? Somos amigos.
Genevi: No dia em que o conheci, ele falou que você era namorada dele.

Você: Falou?.- perguntei sorrindo
Genevi: Hum, você gosta dele.

Você: Não.
Genevi: Para de mentir 'SeuNome'

Você: Ta bom, talvez eu goste um pouco.
Genevi: Não, você gosta é muito dele.

Você: Aff, eu estou apaixonada por ele, pronto ta feliz?
Genevi: Estou e muito, vocês formam um casal tão lindo, amiga você tem que contar para ele, assim podem ficar juntos, ele me disse que gosta de vo....- a interrompi.

Você: Já vai ser difícil esquecer ele sem termos nada, imagine ter então, amiga daqui a 3 dias vou voltar para o Brasil.- disse um tanto triste.
Genevi: Ai 'SeuNome', só acho que vocês dois não deveriam ficar assim, sem lutar por isso.




[...]


24.12.11  20:02pm. 

Estou me arrumando para a grande festa de natal que haverá aqui no hotel, mas me atrasei pois fiquei pensando em que a Genevieve me falou ontem, bom mas não vou começar a pensar nisto de novo, se não vou me atrasar mais, é incrível a minha máxima capacidade de chegar tarde para algo. Enfim, me troquei.

Fiz meu cabelo, minha maquiagem,e coloquei meu sapato. Por fim, passei um batom vermelho. Sai apresada, chegando lá em baixo, vi Justin e Genevieve conversando, quando ele me viu sorriu e retribui, Justin estava muito lindo(aqui), bom na verdade ele é lindo. Veio até mim, e me cumprimentou com um beijo na bochecha um tanto demorado. E Genevieve como sempre, abra o bocão.

Genevi: Awn, estão até combinando, com certeza o casal mais lindo dessa noite.- ela disse e eu a fuzilei com os olhos, era bom ela não ter contado nada para Justin, se não ela morreria.
Justin: Com certeza somos.- ele disse e o olhei seus olhos brilhavam, então sorri e ele sorriu de volta.

Entramos na festa, e estava tudo muito formal, já vi que será chata, ainda bem que terei Justin para me animar

[....]


2 hora de chatice depois, eu sabia que seria, minha avó sempre ia nessas festas e tinha que acompanha-lá

Justin: Vem 'SeuNome'.- ele disse pegando em minha mão e puxando.
Você: Para onde?.- disse e já havíamos saído do hotel.
Justin: Passar a virada do natal em um lugar especial.- disse correndo um pouco e me puxando.
Você: Calma Justin, estou de salto.
Justin: Então tira.

Foi exatamente o que fiz, éramos dois louco correndo no meio da rua  molhada por causa da chuva, em direção a 'ela', sim a torre Eiffel. Que estava toda iluminada. 

Enfim, depois de uns 10 minutos chegamos, meus sapatos não tinha ideia de onde estava, legal perdi um Christian Louboutin, mas não estou nem ai, o que importa é que estou aqui com o Justin. Estávamos na grama, eu morrendo de frio, Justin percebeu, tirou seu casaco e me deu. Olhei para cima, e era uma vista magnifica, senti Justin se aproximando, o que me vez olhar para ele, que colocou uma mão em minha cintura, a outra acariciou o meu rosto, em um clima totalmente perfeito.

Justin: Eu te amo 'SeuNome' e é mais forte que eu.
Você: Juss... – ele me interrompeu colocando seu dedo indicador em meus lábios.
Justin: Shii, por favor não fala nada.A muito tempo que eu quero fazer isso.

Der-repente começou a chover de novo, mas ficamos do jeito que estava,   minhas mãos foram para seus ombros,o olhando fixamente. Justin pegou em minha nuca aproximando mais nossos rostos. Pela primeira vez senti seus lábios macios e molhados pressionando sobre os meus.Estava apenas sentindo seus lábios encostados aos meus. Era uma sensação muito boa.  Justin passou sua língua sobre meus lábios e os entre-abri. Começamos a movimentar nossos lábios e nossas línguas sem pressa nenhuma. Era o beijo mais doce, carinhoso e maravilhoso que já recebi. O sentimento que eu sinto pelo Justin é o mais forte que já senti em toda minha vida.


THE END






24 dezembro 2011

Christmas Love - Especial de Natal 2

-Você narrando

Acordei com o sol entrando no quarto, olhei no celular eram 08:50pm. Acordei um pouco tarde, tinha que aproveitar o máximo dessa cidade maravilhosa. Fui ao banheiro tomei banho fiz minha higiene, fui até a mala morrendo de frio, peguei uma roupa e me troquei.


Decidi passar no quarto do Justin, para ver se ele queria tomar café comigo. Bati na porta umas três vezes até ele abrir, com a maior cara de sono, com um olho fechado e o outro um pouco aberto. Num tive nem tempo de falar bom dia, ele já me abraçou e puxou para dentro do quarto ainda me abraçando, deitou na cama, e dormiu de novo, encima de mim. Que menino louco, Deus.

Você: Justin, acorda e sai de cima de mim, seu gordo.- disse mais ele nem se mexeu.- JUUSTIN!! 

Agora foi, ele deu um pulo, com a maior cara de assustado, comecei a rir muito da cara dele, era a melhor.

Justin: Para de rir garota, eu vou me trocar espera ai.- ele disse entrando no banheiro.

Depois de uns 20 minutos esperando, ele sai do banheiro com uma calça preta, uma blusa de lã preta e um touca, realmente ele é muito lindo. Descemos tomamos café, depois saímos lá fora.

Você: E agora? Para onde vamos?.- disse olhando para Justin.
Justin: Eiffel? É logo ali.- disse apontando.
Você: É, mas todos vão primeiro lá. Sou diferente.
Justin: Ok, senhora 'sou diferente', vamos para onde?
Você: Arc de Triomphe? ( arco do triunfo) 
Justin: É mais bonito a noite.
Você: Verdade....Não temos a mínima ideia de onde ir.- disse e um ônibus parou em nossa frente.

Sabe aqueles ônibus vermelho que não tem teto na parte de cima, sempre tive vontade em andar em um (aqui). Meus pensamentos são interrompidos por Justin.

Justin: Vamos?.- ele disse pegando na minha mão.
Você: Para onde?.- disse enquanto ele me puxava.
Justin: Para o ônibus, ele vai fazer um tour pela cidade.

Entramos, e fomos lá em cima, eu sentei em um banco e o Justin em outro, não do meu lado, tipo eu sentada no banco do corredor e ele também (entenderam?), ficamos conversando um de frente para o outro. Até que teve uma hora que eu parei de falar com ele, e fiquei tipo meio que gritando quando via uma coisa que gostava. Fiquei assim por uns 20 minutos por ai, olhei para Justin e ele estava me olhando e sorrindo.


Você: O que foi menino?
Justin: Você é tão linda.
Você: Para, assim eu fico com vergonha.- disse um tanto corada, e me sentando no banco da janela, que não tinha janela.

Justin veio e se sentou ao meu lado, pego na minha mão, e com sua outra mão pegou no meu queixo me fazendo virar para ele, ficamos frente à frente.

Justin: Fica mais linda ainda com vergonha.- ele disse fazendo carinho em minha bochecha.

Não disse nada, apenas fiquei olhando para seus olhos cor de mel, eu já falei que eles me encantam? Justin estava chegando cada vez mais perto, ele encostou nossas testas e abraçou minha cintura.

******

Lindaas, eu sei que está pequeno, mais só deu para fazer isso, eu acordei muito tarde, e tem varias coisas aqui para fazer, Afinal hoje é Christmas eve. Amanha só vou poder entra a noitinha. Então tenham um Feliz Natal. Que nessa noite o seus corações se encham de paz e muito amor, e é mais uma vez que lhes desejo com muito carinho: Um Feliz Natal. Merry Christmas. Feliz navidad. Joyeux Noël. Fröhliche Weihnachten. Buon Natale.  God Jul. 圣诞快乐 . メリークリスマス . Веселого Рождества. etc.....

23 dezembro 2011

Christmas Love - Especial de Natal 1

-Você narrando


Sabe minha vida não está sendo muito fácil ultimamente, meus pais são separados a 10 anos, tenho 17anos, e nenhum dos dois ligam para mim, praticamente moro com a minha avó, que não está muito boa com problemas vai no médico quase todo dia. Estou quase embarcando para Paris, ideia da minha avó, que disse que eu tenho que esquecer os problemas, queria passar o natal cuidando dela, mais ela não quis e disse para não ficar preocupada com ela e me divertir. Soube que lá em Paris está super frio, amo frio.

XxXx: Está aberto o portão de embarque do voo 197 para Canadá.

Então vamos lá, ah você devem estar de perguntando, não era para Paris? Sim, é que meu voo tem escalas primeiro vai para o Canadá depois Paris, não sei de nada minha avó que comprou assim, disse que era melhor, enfim. Peguei minha passagem dentro da bolsa e fui ao portão de embarque, entreguei-a à moça, segui para o avião, entrei, me sentei, depois de uns minutos o avião decolou. São exatamente 06:12am. provavelmente chegarei no Canadá 13:00pm. por ai. Estava sentada na janela, e não havia ninguém ao meu lado, fiquei olhando as nuvens até que peguei no sono.

[...]

Acordei com a aéro-moça falando que já estávamos chegando, ainda bem que dormi o voo inteiro. Logo o avião pousou, desci e uma mulher me entregou as passagens do meu próximo voo, peguei minhas malas. Olhei na passagem o avião sairia às 15:00pm. e é 13:37pm. fui ver se eles já estavam pegando as malas, pois queria comer, e para a minha sorte estavam. Fui até uma lanchonete  comi, e depois fui no banheiro escovei os dentes. Eu tinha que esperar 1 hora, mas fazer o que?. Me sentei em uma mesa e fiquei lá brisando, quase dormindo, sinceramente não sei de ontem vem tanto sono.

XxXx: Oi! Posso me sentar aqui?
Você: Pode.- disse com um tanto de preguiça, sem olhar quem era, mas pela voz era um garoto.
XxXx: Qual seu nome?.- ergui minha cabeça para responder, que menino lindo, um sorriso encantador.
Você: (seu nome) e o seu ?.- disse sorrindo.
XxXx: Justin.
Você:  Prazer em conhece-lo Justin.
Justin: O prazer é meu. Então é daqui mesmo?
Você: Não sou do Brasil.
Justin: Hum, brasileira, então sabe fazer brigadeiro?
Você: Opa, se quiser qualquer dia eu faço.
Justin: Lógico que eu quero, ainda mais se você for fazer.- ele disse e eu ri.

Conversamos mais um pouco, Justin é um menino muito engraçado e encantador, fiquei sabendo que ele também vai para Paris. Chamaram nosso voo. Olha que legal nossos lugares são um do lado do outro. Sentamos, e ele logo começou a falar.

Justin: Em que hotel você vai ficar?
Você: Pullman Paris Tour Eiffel
Justin: Caraca eu também.
Você: Que coincidência.
Justin: Ou destino.
Você: Se você diz.- disse rindo

18:00pm. Justin dormiu no meu colo vê se pode? Claro que pode. Sabe desde que sai do Brasil estou tendo sorte, tomara que continue assim. Entre os meus pensamentos acabei pegando no sono também.

[...]

Justin: (seu apelido) acorda.... já estamos chegando.
Você: É, estou sentindo o frio.- disse colocando meu casaco e Justin riu.

Enfim, o avião pousou, descemos fazendo brincadeiras um com o outro pelo caminho, parece que conheço ele a anos, me ele sinto muito confortável perto dele.

Você: Estou com frio.- disse esfregando as mãos.
Justin: Vem aqui.- disse colocando o braço envolta de meu ombro e me puxando para  perto de seu corpo, abracei sua cintura, e fomos andando até a saída, Justin estava empurrando o carrinhos com nossas malas com a outra mão.

Pegamos um táxi, e ficamos observando as ruas de Paris nesta linda noite, já podia ver mais a frente, a coisa mais linda, nosso hotel era bem perto. Sim a torre Eiffel. O táxi parou em frente do hotel e logo vieram um carinha lá pegar as malas. Entramos e pegamos a chave dos nossos quartos e subimos até o 4º andar.

Você: Que horas são Justin?
Justin: 23:15pm.
Você:  Nem vai dar para sair hoje.
Justin: Deixa, pra amanhã.- balancei a cabeça positivamente.

Saímos do elevador e andamos até as portas dos quarto, e o quarto do Justin era de frente para o meu. O carinha deixou as malas lá e depois foi embora. Eu e Justin ficamos nos encarando, sabe os olhos dele me deixaram hipnotizada, eram extremamente lindos, ele é lindo.

Justin: Então.... boa noite.
Você: Boa noite nos vemos amanhã.- disse e ele veio se despedir com um beijo, na bocheicha claro.

Mas não foi ele, me deu um beijo no canto da boca, senti uma coisa forte, não sei direito o que seja, nunca senti isso, tipo borboletas no estômago, enfim, sorri e entrei. Me troquei, fiz minha higiene e deitei na cama, e fiquei pensando no dia louco que tive, e principalmente no Justin.


Continua....

Imagine Especial de natal.


Natal + Paris + Você + Justin = Christmas Love

Enquete fechada e deu 'sim', então vou fazer o imagine em três capitulos 
eu acho, que começará hoje ou amanhã. 
Caso vocês gostem e quiserem que eu continue a postar é só pedir.
obs:. No imagine o Justin não vai ser famoso.
obs2:. Não postarei My heart is your, enquanto estiver postando o 
Imagine especial mas só até passar o natal.



22 dezembro 2011

My Heart Is Your - Cap. 5

Stella On'

Coloquei uma calça, uma blusa básica e um chinelo, tranquei o quarto e desci, chegando lá em baixo, dei de cara com o Justin se despedindo de uma menina super vulgar, esperei ela sair para ir até ele.

Stella: Cheguei.- disse ele me encarou.
Justin: Não acredito.
Stella: No que ?
Justin: Que você está de calça em um resort. Olha quanta mina gostosa de shorts, e você de calça.- olhei pra ele indignada com o que acabei de ouvir.
Stella: Então vai lá com elas.- me virei e sai.


Não tinha a mínima ideia de onde estava indo, mais qualquer lugar serve, andei até que cheguei na praia, achei totalmente estranho não haver ninguém, nem uma alma viva, sentei na areia e fiquei conversando comigo mesma. E 'decidimos' que já esta na hora de deixar essa Stella boba de lado, e dar espaço, para  Stella determinada, aquela Stella corajosa que é só quando está sozinha. Começando pelas roupas, acho que agora eu sei porque foi bom trazer a mala com as roupas que eu fiz. Nossa já está escuro, nem vi o tempo passar.
Fui andando de volta para o resort, só que não sabia em que parte eu estava, andei mais um pouco até que estava em um bar, era realmente lindo (AQUI). Me sentei em uma cadeira perto do balcão, e pedi uma vodka, não sou de beber, mais estava com vontade, pensei que não me dariam, ou perguntariam minha idade, mas não simplesmente me deram, e só  perguntaram o numero do  meu quarto para marcar na conta.

[...]

03:34am. Abri a porta e entrei na sala do quarto e simplesmente me joguei no sofá e apaguei. Só acordei com alguem me balançando, abri o olho devagar e dei de cara com o Justin.

Stella: Ah, você.- disse me sentando no sofá.
Justin: Desculpa Stella, eu não sei o que deu em mim, por favor me desculpa, eu fiquei preocupado com você.- disse me abraçando
Stella: Tudo bem, esquece isso Justin.- disse me levantando e indo para o quarto

Entrei no banheiro, passei uma agua no rosto, me despi, e tomei um banho. Me enrolei na toalha e fui até minha outra mala, e vesti um vestido simples e fofo.



Coloquei um chinelo e meu óculos, sai do quarto Justin não estava mais lá, olhei no relógio era 12:03pm. E estava morrendo de fome desci e fui até ao restaurante que já sabia onde ficava, e era lindo ao ar livre. Terminando de comer, fui andar por ai, estava olhando para os pés, pensando.

XxXx: Oi gatinha !.- levantei a cabeça para ver quem era.


*****

Desculpa a demora é que estão reformando aqui em casa, e não tive tempo para entrar devido a bagunça. Hoje a vitima será meu quarto. Espero que gostem do capitulo, e comentem.




16 dezembro 2011

My Heart Is Your - Cap. 4

Stella On' 

Justin me ajudou a arrumar a mala, e ele está muito safado, ele que queria colocar minhas calcinhas e meus sutiãs dentro da mala, claro que eu não deixei, em meio disso tudo, ele me perguntou se eu ainda era bv, falei que sim, pois quando ele foi embora eu me dediquei mais aos estudos e as aulas com a minha vó, não tinha tempo para isso. Depois que terminamos fomos na cozinha fazer algo para comer.
Justin: Ah Stella eu não esqueci seu aniversário não, tá? Mas só vou te dar parabéns e o seu presente quando for 19:34(hora que ela nasceu), que vai ser agora.- quando terminou ele pulou em cima de mim.
Ainda bem que estamos no sofá.
Justin: Parabéns pequena.- eu só consegui rir disso.
Justin se levantou e me puxou, ficamos de frente um para o outro, e ele me encarando.
Stella: O que foi ?
Justin: Seu presente!
Stella: Ata, onde?.- disse procurando
Justin: Aqui.- disse colocando uma mão na minha cintura e outra em meu rosto.
Ok, o que ele vai fazer? logo que pensei ele me beijou, meu primeiro beijo com meu melhor amigo, fiquei pensando que sei lá, isso poderia estragar nossa amizade, então coloquei as mãos em sei peito nos afastando.
Stella: Justin, você é louco? Porque fez isso?
Justin: Não sei.- disse rindo
Stella: Não sabe? e para de rir, já pensou e isso estraga nossa amizade?
Justin: Ei! Relaxa Stella, você mesmo falou que temos uma amizade colorida. E só foi um beijo, não fizemos outra coisa.

Stella: Ai meu Deus que menino safado.- disse e logo depois comecei a rir muito.
Justin: Hey!
Stella: O que foi?.- disse um pouco em ar.
Justin: Você beija muito bem.

Stella: Calado.- peguei a almofada do sofá e joguei nele.
Depois disso tudo, ficamos conversando, rindo e Justin claro fazendo suas piadinhas de duplo sentido. Dez horas da noite Justin foi embora e disse que passava aqui 08:00 para irmos. Sentei no sofá e fiquei pensando na vida, ok no beijo também, além de tudo me veio uma ideia na cabeça, de levar mais uma mala com as roupas que faço, e diferente das que usa. Então fui fazer uma mala com vestidos, shorts, sandálias etc. Acabei onze horas, então fui escovar os dentes e dormir.

*****

7:00 horas despertador tocando,estava com muito frio e com muito sono me levantei fui ao banheiro, me despi entrei em baixo do chuveiro  tomei banho com uma agua quentinha, depois me enrolei na toalha e fui até o guarda-roupa  e me vesti.

Peguei as malas e desci. Coloquei as malas em um canto e fui falar com o sindico, depois de uns 10 minutos o Justin chega, ele desceu do carro e pego as malas.
Justin: Não tinhamos feito só uma mala?
Stella: Sim, mas eu pensei bem e vamos passar 3 meses lá, achei melhor fazer outra malinha.
Justin: Malinha? Olha o tamanho dessas duas malas, acho que me cabe ai dentro.
Stella: Para de ser exagerado menino.
Ele colocou as malas no porta malas, eu entrei no banco da frente, e seguimos para a casa do Ryan e depois do Chaz. No caminha para o aeroporto, estávamos rindo iguais umas hienas.
Ryan: Você está com frio Stella?.- disse rindo
Stella: Eu estou algum problema?
Chaz: Ai, essas mulheres tem cada uma.
Justin: Nem me fale, sabe eu não falei nada pois tenho uma amiga muito agresiva.
Ryan: E eu não sei, quando tu foi embora levamos cada uma.
Stella: Hey! Bicudos eu estou aqui.- ele começaram a rir.

*****

 Ultima chamada para voo 341, com destino a Cancun. 

Saimos andando até o portão de embarque, estava conversando com o Ryan e Chaz, quando olho pro lado vejo Justin sozinho ouvindo musica, então fui ao seu lado, e ele colocou a mão na minha cintura e apertou, fez cocegas então eu ri.

Entramos no avião, me sentei com o Chaz e Justin com Ryan. E Justin fez com que Chaz trocasse de lugar com ele. Seria 8 horas de voo, Justin deitou em meu colo e pediu para fazer cafuné nele, que folgado.

******

Chegamos, acordei o Justin e saimos do avião, fomos pegar as nossas malas, pegamos. Lá fora havia um caro, que segundo Justin, nos levaria para o porto onde íamos de barco até o resort. Foi o que aconteceu, 
Secrets Silversands Resort Hotel, era incrivelmente lindo.

Uns homens vieram buscar nossas malas, Justin foi na recepção e voltou com três chaves. Como assim só três chaves?
Justin: Olha...quando eu liguei para reservar só havia 3 quartos disponíveis, então Stella você vai dormir comigo.- comecei a rir.
Stella: hahahahaha, tá de brincadeira né?
Justin: Não.- disse sério.
Stella: Ta bom, vamos logo.- disse puxando ele.

Sabe, eu estou com muito calor, quero trocar de roupa. Subimos Justin abriu o quarto, e nossas malas já estavam lá. O quarto era uma graça.

Stella: Justin vai se trocar primeiro depois eu vou.
Jutin: Ok..- disse pegando sua mala e entrando em uma porta que supostamente era o quarto.
Depois de uns 5 minutos ele saiu, de bermuda, camiseta e chinelo.
Justin: Eu vou te esperar lá em baixo.
Stella: Ok. 
Peguei minhas malas, e fui para o quarto.

Como assim ? Só tem uma cama e ainda de casal?

--------------------------------------

É isso ai gente, espero que gostem, 3 comentários para continuar.....

15 dezembro 2011

My Heart Is Your - Cap. 3

Justin On'

Stella: Bom galera, tenho que ir.
Justin: Eu vou com você.
Stella: e porque deveria?
Justin: Porque eu quero comer biscoito da avó.- disse sorrindo.
Ela ficou parada olhando, quando uma lágrima caiu de seu olho e logo ela saiu correndo, fiquei sem intender sua reação.
Chaz: Ér... Justin a dona Brianna, hum....- disse olhando para baixo com a mão na nuca.
Justin: Meu Deus, quando isso aconteceu?
Ryan: Acho que faz uns, 5 messes
Justin: E porque vocês não me falaram?
Chaz: Você estava em turnê.
Justin: E não estava aqui para apoia-lá.- disse e sai correndo.
Depois de uns 5 minutos correndo, cheguei no prédio da Stella. Era otimo, ela mora no ultimo andar, e só tem escada para subir..... Enfim consegui chegar vivo, bati na porta Stella abriu a porta com o rosto todo vermelho e com seu óculos de grau tão fofa, ela deu espaço para que eu entra-se e foi o que fiz. Sentei no sofá logo ela veio e se sentou ao meu lado, fiz com que deita-se em meu colo.
Justin: Desculpa não estar aqui.
Stella: Tudo bem Justin, eu entendo.
Justin: O que você estava fazendo?
Stella: Nada, eu ia começar a arrumar as malas.
Justin: Nossa e você está tão cega que precisa de óculos para isso?
Stella: Ah seu besta!.- disse rindo
Justin: É assim que eu gosto, de ver você rindo.
Stella: E sabia que só você consegue me fazer rir?.- disse levantando do meu colo e ficando de frente.

*****

Gente eu sei que está muito pequeno, é que eu só pude entrar agora, mas amanhã eu prometo que posto um beeeeem big. Beijos


14 dezembro 2011

My Heart Is Your - Cap. 2

Stella On'

Justin: Oi gente !
Ryan: E ae man!?
Chaz e Ryan foram falar com ele, mas eu só fiquei o observando, tanto tempo que eu não o via pessoalmente, meus pensamentos foram interrompidos, quando vi Justin vindo em minha direção. Ah, ok ! Ele parou na minha frente e ficou me encarando.
Justin: Hey pequena, não vai falar comigo? ou já me esqueceu?- disse sorrindo.
Stella: Não sou bem eu que esquece as coisas aqui, né Justin!?- disse sem nenhuma expressão.-
Ele não disse nada, apenas me abraçou, como eu queria ficar naquele abraço para sempre, mas não ia dar o braço a torcer, ele me deixou, e todo esse tempo não me ligou, nem nada, como acha que eu fiquei? Ele separou o e ficou me segurando pela cintura.
Justin: Como você está linda pequena.- disse me olhando nos olhos.
Stella: E você cresceu.- bom queria dizer que você está sexy,kk pensei, só pensei, claro que eu não iria dizer isto.

Justin: Senti muito a sua falta, você nem faz ideia.- disse colando mais ainda nossos corpos. Eu estava achando meio que estranho, mais confesso que estava gostando.
Stella: Se sentiu minha falta porque não me ligou, ou sei lá?.- ele não disse nada apenas continuou me olhando, e eu falando.- É ai que eu vejo que você não se importa comigo, não me liga, nem nada, pro Chaz e o Ryan você ligava sempre, que eu já escutei vocês conversando.- disse me soltando dele e continuando.- Como você acho que eu fiquei aqui sem você em ?  Sem sua amizade, sem você para me apoiar nos momentos difíceis.- disse totalmente vemelha com raiva e ao mesmo tempo com vontade de chorar.
Ele simplesmente me abraçou de novo.
Justin: Me desculpa meu amor, eu não te liguei porque se eu ligasse e ouvisse sua voz, iria ficar com mais vontade de te ver, de te abraçar.-disse ainda me abraçando.
Ryan: Hey, os dois pombinhos, parem com essa melação, não quero ficar aqui segurando vela não.
Justin: Ah Ryan, vai toma banho.- disse rindo, e eu ri mais ainda.- Então gente eu tenho uma coisa para falar, bom eu vim chamar vocês para passar as ferias em um Resort em Cancun comigo, e ae? topam?
Chaz: Por mim tudo bem.
Ryan: eu já to dentro.
Justin: E você pequena?
Stella: Ah eu não sei não.
Justin: Por favor Stella, por mim.- disse pegando minhas duas mãos e fazendo 
carinha de cachorro sem dono.
Stella: Você sabe que eu não resisto a você né!?
Justin: Então você vai?
Stella: Vou
Justin: AEEEEE.- ergueu os braços para cima gritando depois virou para mim 
e me deu um selinho.
Stella: JUSTIN.- me esquivei um pouco assustada com o que ele havia feito.
Justin: Desculpa foi por impulso, e não tem nada de mais nisso, quando éramos pequenos fazíamos isso sempre. É só um selinho não tem nada de mais.
Stella: Ta bom Justin.
Ryan: Ei cara quanto tempo vamos ficar de ''ferias''?
Justin: Acho que uns 3 meses 
Chaz: E quando vamos?
Justin: Amanha de manhã.
Stella: E você vem chamar agora!? Mas você é brincadeira em senhor Drew.- disse e ele começou a rir.
Então dei um soco em seu braço, e ele parou e me roubou outro selinho, será que ele não sabe que não pode ficar brincando com os sentimentos das pessoas assim. Depois fomos andar de skate, e conversamos mais um pouco, sobre varias coisas matando as saudades, quando olhei no relogio para ver as horas, 16:46. Passou super rapido, nem almoçei tava com fome, enfim havia varias coisa para fazer e arrumar mala para viajar.
Stella: Bom galera, tenho que ir.
Justin: Eu vou com você.
Stella: e porque deveria?
Justin: Porque eu quero comer biscoito da avó.
Ok, não me contive, lembrei de quando ele ia lá em casa e minha avó fazia biscoito pra gente, era o melhor biscoito do mundo. Comecei a chorar mas, como não queria que ninguém mais me visse chorando sai correndo.

Continua com 2 comentarios......

10 dezembro 2011

My Heart Is Your - Cap. 1

Stella On'

Acordei 9:00 hrs com o despertador tocando, me levantei hoje era meu aniversário, e todos que eu tive minha avó me acordava cantando parabéns com um pequeno bolinho na mão, acho que vou ter que começar a me acostumar a não ter mais ela por perto. Fui para o banheiro  fiz minha higiene pessoal e depois tomei banho sai enrolada na toalha e fui ate meu guarda-roupa. E me vesti

Aqui em Stratford está calor, mais eu nunca coloquei um shorts ou vestido, eu tenho vergonha das minha pernas, nunca me viram de short ou vestido só de calça, ate mesmo meus amigos de infância  peguei meu Skate. Sai, tranquei o ap e fui a caminho ate uma pequena lanchonete que ficava perto do prédio. Entrei, me sentei no balcão e logo Lucas veio me atender, ele era super legal comigo, alem de lindo.E ele tem namorada. 
Lucas: Oi Stella linda!
Stella: Oi Lucas lindo.- ri
Lucas: Então o mesmo de sempre senhorita Stella Verona ?
Stella: Sim sim senhor Lucas Donato.- disse sorrindo.
Ele riu e foi lá para dentro, depois de uns 5 minutos ele voltou com as mãos para trás, e me entregou meu café, que está com uma velinha em cima, achei muito fofo da parte dele.
Lucas: Faz um pedido.
Então eu assoprei a velinha ''quero que minha vida mude, quero que aconteça algo de bom ''. 

Depois eu paguei, me despedi do Lucas e fui em direção a praça onde o Chaz e o Ryan deveriam estar me esperando. Chegando lá eles vieram correndo e me deram um abraço em grupo e gritaram ' PARABÈNS STE'' quase fiquei surda, mais gostei muito que meus melhores amigos tenham lembrado.
Chaz: vem Ste, eu tenho um presente para você.- disse puxando minha mão
Ryan: é eu também tenho, mais você mais abrir o meu primeiro.- disse puxando a minha outra mão.
Os dois me deram duas caixinhas. Eu abrir, a primeira era do Ry, e continha uma pulseira muito fofa amei, abri a outra do Chaz era um colar muito lindo. Abracei eles depois.
Stella: ai, obrigada, vocês são tudo para mim.
Ryan: Sabíamos que que você iria gostar.
Chaz: Pois é afinal você ama Paris e tem sonho de ir lá.
Stella: Tenho mesmo.-ri
Chaz: Ah! já ia esquecendo sabe quem chegou esse final de semana?. E daqui a pouco ele disse que iria vir aqui.
Stella: Quem ?.- acabei de pergunta e o Ryan grita.
Ryan: HEEY JUSTIN AQUI.- disse acenando com a mão. 
Stella: Ah não, me diz que é mentira.
Como estou de costas, me virei para ver se era verdade. Meu coração disparou, ele está tão lindo.
Justin: Oi gente !



CONTINUA


Espero que gostaram do primeiro capitulo. beijos, e não esqueçam de comentar.

08 dezembro 2011

Nova Fic. My heart is your. Apresentação


Stella (16 anos) foi abandonada por seus pais ainda pequena com sua avó em Stratford- Canadá. É uma menina muito amorosa e ama muito sua avó que sempre esteve ao seu lado, mas infelizmente ela não está mais, mora sozinha. . Stella é uma menina muito linda, mais não é vaidosa, desde que sua avó morreu tem ela trabalha para se manter. Seus Melhores amigos são Chaz Somers e Ryan Butler e ama andar de Skate com eles.


Vou contar uma coisa que vocês não sabe, ela é apaixonada pelo Justin desde pequena. Sim Justin Bieber, ele era o seu melhor amigo, tipo irmão, só que ela se apaixonou por ele, e desde que o Justin foi embora ela sofreu de mais. E quando ela menos espera terá uma surpresa.




Então foi isso ai gente. Espero que gostem ! beijustin ;*


18 agosto 2011

I Just Can't Stop Loving You - 25º cap.



ALICEON


Tirei a blusa, e Justin pegou uma caixa, tirou o vestido e me entregou, aquele vestido não era meu.
Alice: Justin esse vestido não é meu.
Justin: Agora ele é seu eu comprei para você.
Alice: Onde no sexy shop ?
Justin: Quase isso
Alice: JUSTIN
Justin: Ai amor, é brincadeira, eu vi na vitrine e achei que ia ficar perfeito em você.- Disse pegando minha cintura e dando beijos no meu pescoço, e logo depois foi subindo até minha boca, e me deu beijo que no começo era calmo que depois se transformou em um beijo quente.
Ele foi me levando para a cama, e me deitou lentamente ainda me beijando.
Justin já apertava minha coxa. Eu não sabia se continuava ou parava, eu confio nele, mais é que eu ainda não estou pronta.
Alice: Justin para.- disse empurrando ele lentamente.
Justin: Me desulpe.- disse abaixando a cabeça com um olhar triste.
Alice: Hey! Não fica assim, é que, e-eu ainda não estou pronta. Tenha paciência.
Justin: Tudo bem meu amor, eu te espero o tempo que for.
Alice: Obrigada meu bebe.- disse e o selei.
Justin: Então quando você vai entrar de ferias?
Alice: Amanha, hoje é meu ultimo show.
Justin: Ótimo, então amanha vamos para o Canadá, quero que você conheça meus avós e depois que tal irmos para o Hawaii?
Alice: Serio meu amor?.- perguntei animada.
Justin: Sim meu anjo.

Alice: Mas se seus avós não gostarem de mim?
Justin: Que isso, eles vão adorar você.

****

Quando voltei para o hotel em Birmingham,vi todos da equipe na portaria do prédio, assim que e viram, vieram correndo fazendo perguntas de tipo '' onde você estava?'', '' você tem um show hoje sabia?'', não respondi nenhuma pergunta, o que eu menos queria ver era Jack, que bom, quando eu falei isso ele apareceu todo bravo, me deu um sermão, depois subi para o quarto, tomei banho, e fui para a passagem de som.




****
8 horas da manhã, ferias, vou conhecer os avos do Justin, tenho medo deles não gostarem de mim. Levantei fui ao banheiro, fiz minha higiene pessoal, tomei banho, e vesti uma roupa (aqui). Desci para tomar café, e vejo Justin na mesa com Jack. Logo que me viu, se levantou e veio até mim.

ALICEOFF.

Gente eu sei que ta pequeno, eu vou postar um big deepois, beeijos.



11 agosto 2011

I Just Can't Stop Loving You - 24º cap.

ALICEON

Estou em Birmingham, Alabama pais vizinho de Georgina, tenho um show hoje, meu ultimo show, vai ser bem tarde e ainda é de manhã, vou ir para Atlanta, estou morrendo de saudades do Justin e ele também vai ter que se explicar esse negócio de sair com Selena. Me troquei.

Sai do hotel, peguei um táxi e fui direto para o aeroporto, e para a minha sorte, um avião saia dali 45 minutos e havia passagens, aguardei sentada em um banco. De Birmingham até Atlanta é apenas 1hr de voo. Logo chamaram meu voo. A viajem inteira eu passei pensando na minha vida.

***

Desci do taxi, paguei, fui até a porta da casa do Justin, e escutei conversa mas não dava para ouvir direito pois falavam baixo. Toquei a campainha. e escutei Justin gritar. '' Já vai''. Então encostei meu ouvido na porta e agora pude escutar a conversa
Justin: Vai para cozinha, e fica lá, esconde, ninguém pode ver. 
Escutei ele andando em direção a porta, então tirei o ouvido da porta e fiquei esperando, logo ele abriu.
Justin: ALICEE, nossa que saudades.- disse me abraçando, mais eu não o abracei.
Alice: então, não vai me convidar para entrar?
Justin: Claro, é , entra, você sabe que a casa é sua também.- disse abrindo um espaço para mim entrar.
Entrei e ele veio logo atrás, sentei no sofá, ficou um silencio então eu comecei a perguntar.
Alice: Justin porque você vez aquilo no VMA?
Justin: aquilo o que Alice?
Alice: deu um beijo na bochecha da Selena e eu também vi que vocês estão saindo.
Justin: o beijo foi brincadeira amor, ela é minha amiga e eu só sai com ela 2 vez, pois meus amigos estão com as suas e não tem tempo mais para mim, e minha namorada linda ta em turnê.
Alice: hum.- disse sem expressão alguma.
Justin: você ta com ciumes
Alice: Não, não estou.
Justin: está sim, mais olha, eu só tenho olhos para você, pois é você que me faz o menino mais feliz desse mundo.- disse olhando em meus olhos, eu senti certa sinceridade em seus olhos.- Eu te amo Alice.
Alice: Eu também te amo Justin.- íamos se beijar, mais eu lembrei da conversa que ouvi, ele falando para alguém, esconder na cozinha, então desviei e disse.- estou com sede vou pegar água.
Justin: NÃO.- disse levantando rapidamente.- Ér.. eu pego para você.
Alice: Não eu pego.- disse e fui para cozinha e Justin veio atrás, coçando a nuca, como ele sempre faz quando esconde algo.
Chegando lá eu vi a coisa mais fofa desse mundo, meus olhos acho que estão brilhando, sempre sonhei em ter. Era um PUG, ele está olhando para vasilha de água. mais eu não resisti e gritei. 'AAAh, QUE COISA FOFA'' ele levou um susto e me olhou.

Justin me pegou pela cintura e me virou para ele.
Justin: Era para ser uma surpresa, mais então você gostou ele é seu?
Alice: Serio? Eu amei, ai obrigada Justin, e desculpa por desconfiar de você.
Justin: Só há uma maneira de te desculpa.
Alice: Ah sim, então qual é?.- disse bem perto de sua boca.
Justin: Isso.- ele me beijou.
Um beijos muito bom com saudades e desejo, depois eu acho de uns 4 minutos, eu parei, sabe preciso respirar mais o Justin parece que não.
Justin: o que foi, não estava bom?
Alice: logico que estava mais eu preciso respirar. E ainda quero água kkk'
Justin riu e foi pegar a água, enquanto eu brincava com o Hugo, sim ele vai se chamar Hugo. Estou de joelhos no chão, justin me entregou a  água  eu bebi um pouco, quando abaixei o copo, Hugo veio e bateu no copo, que se virou e o resto de água que havia nele agora esta na minha blusa que era um pouco transparente e agora esta totalmente transparente, não estou com outra blusa por baixo, só o sutiã. Fui a procura do Justin, para ver se tinha blusa minha ai, eu sei que minha casa era ali na frente mais eu estou com preguiça de ir até lá. Encontrei ele na sala falando no celular. Fiquei esperando ele terminar, ele se virou ainda no celular e ficou me encarando.
Justin: eu te ligo depois.- e desligou na cara da pessoa.
Alice: Justin tem roupa minha ai, o Hugo derrubou agua em mim.- disse, mais ele ficou quieto é olhando.- HEEY Justin.
Justin: hã? o que foi?
Alice: tem roupa minha ai ?
Justin: tem sim, um vestido lá no meu quarto.
Alice: ta, vou lá me trocar.
Justin: eu vou junto.- não interferi.
Sub e Justin está atrás, eu entrei no quarto e ele fechou a porta.
ALICEOFF

CONTINUA




09 agosto 2011

I Just Can't Stop Loving You - 23º cap.

ALICEON

Terminei meu show e fui encontrar meus amigos no meu camarim, quando chego lá, vejo Camila e Christian se beijando. Achei eles tão fofos juntos, mais eu tinha que atrapalhar se não eu não me chamo Alice.

Alice: Que bonito né dona Camila, mal sai do hospital já ta se agarrando com o Chris é?.- disse rindo.
Camila: Ah, Alice sai daqui vai se agarrar com o Justin, e nos deixa em paz.- ela disse tacando uma almofada do sofá que está sentada, em mim.
Alice: Ok, mais eu só vou guarda uma coisa aqui.
Coloquei me microfone em cima da mesinha, tirei o salto e coloquei um chinelo, fiz um coque meio solto no meu cabelo e fiquei de vestido mesmo. Quando ia sair disse.
- ow pombinhos vocês sabem onde os outros estão?
Chris: acho que estão  andando por ai.
Sai pensando em uma coisa que aconteceu 3 meses atrás no dia do acidente da Cami, quando eu fui na casa do Justin. meus pensamentos foram interrompidos por alguém me abraçando por trás, mais eu continuei pensando, ate que ouso alguém me chamar. Era o Justin.
Justin: Hey amor, onde você estava? no mundo da lua?
Alice: bobo.- disse rindo do comentário dele.
Justin: mais é sério, o que estava pensando ?
Alice: estava pensando no dia do acidente da Cami, de manhã quando eu fui na sua casa e um pouquinho antes.
Justin: nossa isso foi a muito tempo, mais o que exactamente você estava pensando?
Alice: não foi a tanto tempo assim. foi quando eu disse se podia levar a sua irmã junto, ai você disse se eu havia lido seu pensamento, eu disse que sim, você pergunto o que estava pensando de novo, eu falei você disse que era outra coisa bem melhor, eu perguntei o que era você disse que um ia me contar. Esse dia pode ser hoje?.- disse com um ar de curiosa. Justin riu.
Justin: Claro.- ele me puxou e me beijou, correspondi é claro mais não entendi.
Alice: Jus...-tentando parar o beijo que havia ficado mais intenso.- TIN.- ele parou e me olhou.
Justin: o que foi estava bom.
Alice: (riso) meu bobo.-selinho.- você ainda não me falou.
Justin: Claro que eu falei, eu queria te beijar mais eu não sabia se você queria.- me olhando.- e tem mais coisas né?
Alice: bom... tem.
Justin: então fale.
Alice: eu estava conversando com a Jazzy, e el falou que você tinha varias fotos minha no seu quarto, mais naquele mesmo dia quando eu fui lá, não tinha nada e.....
Justin: (risos) eu coloquei elas no meu closet.- olhei para ele com cara de '' fala sério, que você tem foto minha mesmo?'' e ele continuou .- e você fica me vendo trocar de roupa.
Alice: Justin seu tarado.- disse rindo, e ele me deu um beijo na bochecha.

****

Alice: Justin anda logo se não você não vai ver seu sogro hoje, estamos atrazados.
Justin: Calma, eu quero ficar bem apresentável ao meu sogro, para ele gostar de mim. Pois quero ficar com você para sempre.
Alice: awn' que lindo por isso que eu te amo.
Justin: eu sei!
Alice: convencido u.ú. Vamos logo.- disse saindo.
Justin: hey gata espera.- ele me puxou pelo braço e me beijos, logo depois sussurrou em meu ouvido.- eu também te amo.



****
Chegando no aeroporto, logo eu vi a pessoinha mais fofo correndo em minha direção é o Andrew, peguei ele no colo e o enchi de beijinhos estava  com tanta saudades. Logo meu pai veio e me abraçou, apresentei o Justin a eles. Meu pai e meu maninho gostou do Justin. Meu pai ficou com a gente aproximadamente 1 semana e depois volto para Inglaterra, Andrew que ficou, agora não desgruda mais do Justin. Assim se foi 2 semanas. Em um sábado a tarde recebi um telefonema do Jack falando para mim arrumar as malas que segunda começaria minha mini turnê de 2 messes, só pelos EUA. Arrumei minhas malas e a de Andrew. Segunda, no aeroporto me despedi de Justin e lhe desejei sorte pois essa semana haverá o VMA e ele está concorrendo. Minha primeira semana e  meia será no Texas, fiz show em Houston, San Antonio, Dallas, Austin, Fort Worth, El Paso, Sabado meu descanso, vou assistir VMA ver meu Justin, liguei a tv e Selena estava falando que iria entrevista o Justin, qual é, tinha tantas pessoas colocam logo ela?. Não é que eu não goste dela é que... tá eu não gosto dela, ela a ex do Justin e um certo ponto eu ainda tenho ciumes. A entrevista começou e Justin tá com uma cobra na mão, onde ele arrumou isso, só sei que dentro de casa ele não entra, ele sabe muito bem que eu tenho pavor de cobra, que tem ate um nome, a entrevista acabou, quando ela está falando Justin a surpreende com um beijo na bocheca

Depois ele quer que eu não tenho ciumes, da para me falar como? Se ele fica fazendo isso. Desliguei a TVcom raiva e fui dormir amanha tinha meu ultimo show aqui em Arlington. Justin me ligava todos os dias, mais não sei, eu simplesmente não quero falar com ele. Quase em todos os sites, estão falando que ele e a Selena estão saindo juntos ultimamente. Ele vai ter que se explicar. 

ALICEOFF

CONTINUA. 
2 comentarios para continuar.


08 agosto 2011

I Just Can't Stop Loving You - 22º cap.

ALICEON

Cheguei no hospital correndo, não falei com ninguém, fui direto para o quarto da Camila. Quando abri a porta, ela está sentada na cama, rindo e conversando com o Chris.
Alice: AAA BEST.- corri para abraça-lá.- que bom que você voltou.

Ficamos ali conversando por horas, o médico disse que a Cami já está super bem, e que poderia ir para casa a noite, mas infelizmente a noite eu teria um show aqui em Atlanta e não poderia vir busca-lá, então eu tive uma ideia que eu acho que depois me arrependeria, disse que o Chris poderia me levar até o estádio e depois vir busca ela com meu carro, ai se tiver um arranhão no meu carro eu mato o Chris. Em fim, eu liguei para as meninas contar a novidade elas ficaram super felizes e disseram que ia fazer uma festa surpresa. Continuei ali conversando quando olho as horas 19:47, meu show seria as 21:00. Então falei com o Chris nos despedimos da Cami.

 Fomos para casa, eu fui correndo pro meu quarto me arrumar estou atrasada eu tenho que chegar cedo. Tomei banho, coloquei essa Roupa, e nem passei make, meu figurino estava lá no estádio, e Susan minha maquiadora iria me maquiar lá. Desci e pedi para o Chris me levar ao Grant Field, estou muito nervosa será meu segundo show, chegando lá fiquei mais nervosa ainda o estádio era enorme está cheio, meu primeiro show foi em um cidade pequena, não havia muita gente, então esse vai ser tipo meu primeiro show, entrei pelos fundo correndo. Já estavam todos me esperando, Jack me levou ate uma porta que tinha uma estrela escrito meu nome, achei isso tão legal, logo que eu entrei Susan me entregou meu Vestido, entrai no provador e me troquei, Susan me Maquiou e depois me entregou meu Sapato. Estou muito nervosa queria que meus amigos estivessem aqui, foi só eu pensar, minha porta se abre e as meninas e os meninos entram. Fiquei  muito felliz, eles me desejaram sorte, e eu fui para baixo do palco e entre em uma cabine um pouco apertada, logo ela foi subindo para o meio do palco. Cantei 1-Love conquers all;- 2-My heart is your; 3-Somebody; 4-Love your smile; 5-Mores; 6-The Way I Am; 7-Sixth Sense. Falei um pouco com o povo, me entregaram meu violão, sentei em um banco, e comecei a cantar.


By your side

despite some lies
and rain on the way
at his side, I know it's fate

despite the strong wind
despite wrecks
at his side, I know I'm safe

you make me invincible
I do not know the impossible
(let me live near you ... Always by your side)

on the verge of a kiss
on the edge of your hands
(let me live always by your side, always by your side)
the edge of a sigh
on the verge of a hug
let me live always by your side, always by your side
(always by your side)


despite the more difficult
although tropesos
next to nothing scares me

you make me invincible
I do not know the impossible
(let me live near you ... Always by your side)

on the verge of a kiss
on the edge of your hands
(let me live always by your side, always by your side)
the edge of a sigh
on the verge of a hug
we live always by your side, always by your side
(always by your side) 2x

Fiz essa musica para o Justin, mas ele não sabe disso. Depois que terminei, pegaram meu violão e o banco, e começou a tocar uma musica que não fazia parte.
ALICEOFF

JUSTINON
Decidi fazer uma coisa que queria fazer a muito tempo, só estava achando uma ocasião especial, o que seria mas especial que o seu primeiro show, já havia falado com a produção do show de Alice, e pedi que eles começassem a tocar a musica que nos conhecemos depois, da musica que eu mais gosto dela, assim foi. Estava esperando o momento certo para entrar. Até que escuto ela falei.
Alice: Err... não íamos cantar essa musica.-ela disse e eu entrei.
Logo que entrei pude perceber o sorriso doce dela se formar em sua face. Comecei cantando a musica, e ela cantou comigo. Depois que acabou eu simplesmente a beijei, de começo ela respondeu, mais logo parou falando baixo.
Alice: Louco, porque fez isso?.-disse baixo. Peguei o microfone e comecei falar.
Justin: Simplesmente por que eu não aguentava ter só um rolo com você, não aguentava ficar sem te chamar de MINHA, não aguento ficar sem falar nada quando pessoas falavam.'olha que menina incrível' e eu queria responder 'é ela é a MINHA GAROTA'. Nesse tempo que estávamos ficando percebi que te amo mais do que imaginava, quero passar minha vida com você, ter filhos com você, de preferência uns 7 mais depois arrumamos mais.- todos riram nessa hora.- Por isso que eu te digo.- me ajoelhei peguei uma caixinha que tinha o anel que estava guardando desde que começamos a ficar e disse.- Alice quer namorar comigo? quer ser minha para sempre?.
Seus olhos estavam cheios de lágrimas querendo sair. Todos começaram a gritar. 'ACEITA;ACEITA'. Ela riu e começou a falar.
Alice: Olha Justin, eu não gostava de você, mais eu sabia que la no fundo sim, por isso eu não queria me aproximar muito de você, mais não teve como, desde que eu cheguei aqui você sempre esteve ao meu lado, eu não queria me magoar de novo, mais eu vejo que com você não, com você eu sou uma pessoa mais feliz, você me ensinou o que é felicidade de novo, e sinceramente eu não consigo mais viver sem você, e SIM eu quero sem sua para sempre, mais só vamos ter 3 filhos.- todos riram. coloquei o anel em seu dedo, me levantei e a beijei.

Esse beijo foi magico melhor que todos que já havíamos dado, esse era mais apaixonado e intenso. Paramos com vários selinhos, e ela continuou o show.
JUSTINOFF

CONTINUA